ICMBio - Reserva Biológica do Tinguá
Menu

VIII Encontro de Pesquisadores da Reserva Biológica do Tinguá

Após seis anos a Reserva Biológica do Tinguá – Rebio do Tinguá - volta a promover seu Encontro de Pesquisadores! O VIII Encontro de Pesquisadores da Rebio do Tinguá, será realizado nos dias 24 e 25 de maio, no Museu Nacional/UFRJ – no bairro de São Cristóvão/Rio de Janeiro.

A Reserva Biológica do Tinguá é uma das maiores unidades de conservação do Bioma Mata Atlântica. Possui 24 mil hectares de área preservada contínua, na região metropolitana do Rio de Janeiro, a apenas 40 km da capital. A população que vive nos municípios em seu entorno é estimada em pelo menos 2 milhões de pessoas e se beneficia de diversos serviços ecossistêmicos, para além do da conservação da biodiversidade, como o conforto climático propiciado e a qualidade da água que vem da unidade. Ela possui pelo menos 563 espécies de árvores da Mata Atlântica, algumas endêmicas e ameaçadas(Iguatemy et al., 2017) e importantes ocorrências de fauna vulnerável e ameaçada, como o Mico-Leão-Dourado, o Queixada e a Onça-Parda (Travassos et al., 2018). A abundância de mananciais de água é reconhecida e valorizada desde a época do Império, que ali construiu diversas estruturas para uso e preservação da área, em especial captação de água, constituindo um patrimônio histórico belíssimo no interior da unidade de conservação.

Todos esses atributos, aliados à proximidade geográfica e a consonância de objetivos, aproxima diversas instituições de pesquisa da unidade. Afinal, os atributos e aspectos da área são grandes atrativos para pesquisadores de diferentes campos do conhecimento desde antes da formalização desta área protegida como Rebio, em 1989. Entretanto, ainda há muitas oportunidades e necessidades de pesquisa nessa unidade de conservação.

Os encontros de pesquisa podem contribuir para a formação de parcerias e a ampliação e qualificação das pesquisas realizadas, na medida em que oportunizam o diálogo e a troca de experiências entre os diferentes pesquisadores, amplia a divulgação das pesquisas realizadas na Rebio, de seus resultados, interfaces, dentre outros aspectos. Para compreender melhor a importância de eventos de pesquisa em unidades de conservação, clique aqui.

É nesse espírito que convidamos a todos os interessados em participar do VIII Encontro – seja para apresentar sua pesquisa, seja para conhecer melhor as pesquisas que estão acontecendo e seus resultados. A participação de todos é fundamental para o sucesso do Encontro!

Programação



24 de maio Mediador (a)
08h30-09h30 Credenciamento e recepção dos participantes
09h30-10h15 Abertura:
Alexander Kellner Diretor do Museu Nacional
Marcelo Britto-Museu Nacional/comissão organizadora
Virginia Talbot -ICMBio/comissão organizadora
Ana Eliza Bacellar ICMBio/Coordenação de Pesquisa e Gestão da Informação sobre Biodiversidade
Marcelo Britto
10h30-12h Mesa-Redonda: Pesquisa e conservação na Rebio Tinguá
Panorama das Pesquisas realizadas na Rebio do Tinguá nos últimos 10 anos por Virginia Talbot/ICMBio
Panorama da Biodiversidade Atual na Rebio - Leandro Travassos/Ecocidade
Andrea Ribeiro
12h-14h Intervalo almoço
14h-16h Mesa -Redonda: Contextualização histórica da Rebio do Tinguá
Sebastião Deister - "Santana das Palmeiras na ambiência histórica da Rebio do Tinguá", Prof. Adriano Peracchi, Prof Ildemar Ferreira, Prof. Maria Veronica e Prof. Carlos Massard
Bela Deiss
16h-17h Sessão de painéis
25 de Maio Mediador (a)
09h30-12h Seminário temático das Instituições de pesquisa que compõem o conselho da Rebio

JBRJ - "O TINGUÁ E A MATA ATLÂNTICA: EXISTE FUTURO?" Prof. Pablo Rodrigues
Fiocruz - "Apresentação do SISS-GEO" - Profa. Marcia Chame
Museu Nacional - "LEVANTAMENTO DA ICTIOFAUNA DA RESERVA BIOLÓGICA DO TINGUÁ E ELABORAÇÃO DE UM GUIA DE IDENTIFICAÇÃO DAS ESPÉCIES DE PEIXES" por Marcelo Britto e Decio Ferreira de Moraes e "PROJETO AVES DO TINGUÁ" Odirlei Vieira da Fonseca
UFRRJ "A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL À GESTÃO DAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO" Profas. Silvia Souza e Monika Richter
UNIG - "Avanços e Perspectivas dos trabalhos de iniciação científica desenvolvidos pela Universidade Iguaçu na Rebio do Tinguá - Prof. Vitor Tenório Rosa
Andrea Ribeiro
12h-14h Intervalo almoço
14h-16h Apresentação das atividades de pesquisa e apoio à pesquisa que Instituições que compõem o conselho desenvolvem:

Ecocidade e Planeta Verde - "Monitoramento de Fauna da Reserva Biológica do Tinguá: síntese e perspectivas" por Leandro Travassos
Inmetro - CONTRIBUIÇÃO DO INMETRO PARA A CONSERVAÇÃO NA SUB-BACIA DO SARACURUNA, EM XERÉM, RJ. por Luiz Mayr
Pé de Planta "A Fauna e a Flora na Zona de Amortecimento da Rebio do Tinguá" - Vitor Ferreira de Souza
Sindipetro/Caxias - "O APOIO DO SINDIPETRO PARA A PESQUISA" por Odirlei Fonseca
CONCER - Monitoramento da Fauna Atropelada, Renata Villegas
Tatiana Ribeiro
16h-17h Homenagem e encerramento

INSCRIÇÕES NO LOCAL

Veja aqui as Orientações para apresentação de trabalhos.

O comitê organizador do VIII Encontro de Pesquisadores da Rebio Tinguá integra o Grupo de Trabalho de Pesquisas, criado no âmbito do conselho consultivo da Rebio, e é composto pelas seguintes instituições e representantes:

  • Rebio Tinguá/ICMBio – representada por, Virginia Talbot.
  • Museu Nacional/UFRJ – representado pelos Profs. Marcelo Britto e Decio F. Moraes Jr - Departamento de Vertebrados.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - representada pela Prof. Monika Richter, do Departamento de Geografia.
  • Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro – representado pelo prof. Massimo Bovini.
  • Instituto Estadual do Ambiente – INEA/RJ- representado por Erica Sodré, chefe da APA do Alto Iguaçu.
  • ONG Pé de Planta – representada por Victor de Souza Ferreira.
  • ONG Planeta Verde – representada por Sandra Fernandes.

O VIII Encontro de Pesquisadores da Rebio do Tinguá conta com o valoroso apoio das seguintes instituições para sua realização:

  • Sindipetro-Caxias – representado por Nivaldo Alves da Silva.
  • Furnas – representada por Geraldo Espínola, Rodrigo Takahashi e Rodrigo dos Santos.


Para maiores informações sobre o VIII Encontro, escreva para: [email protected]


Como Chegar


Mapa
O​ Horto do Museu Nacional fica mais próximo a entrada da Quinta da Boa Vista em frente a estação de trem/metrô de São Cristóvão. Para quem vem de trem, basta descer na estação São Cristóvão e seguir as placas em direção a “Quinta da Boa Vista”, “Museu Nacional”, passar pelas bilheterias e já será possível ver o parque. Podem descer pela escada ou rampa. O portão da Quinta da Boa Vista estará em frente.
Para quem vem de metrô, basta descer na estação São Cristóvão (linha Botafogo-Pavuna) e seguir a direção “R.F.F.S.A”. Virar a esquerda ao sair da estação, atravessar a passarela sobre a linha de trem (já será possível ver o parque) e descer a esquerda, chegando no mesmo local de quem vem de trem. Ao entrar no parque, a entrada do Horto fica a poucos passos a esquerda e conta com uma guarita com vigilantes. Após identificação, basta seguir em frente. O prédio da biblioteca fica no final da rua. Para aqueles que vierem de táxi ou veículo próprio, a entrada deve ser feita pelo mesmo portão.

Organização


Rebio do Tinguá ICMBio Museu Nacional UFRRJ Jardim Botânico INEA
Pé de Planta Planeta Verde

Apoio


SINDIPETRO Eletrobras Haztec

LOCALIZAÇÃO: RIO DE JANEIRO - BRASIL

A Reserva Biológica do Tinguá está localizada no estado do Rio de Janeiro, a cerca de 60 km da capital. Seus 24 mil hectares estão distribuídos nos municípios de Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Miguel Pereira e Petrópolis. É um dos maiores fragmentos de mata atlântica contínua e preservada do país. A Rebio é considerada como de extrema importância biológica para a conservação da fauna, flora e recursos abióticos. Compõe uma das zonas núcleo da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA), além do Mosaico da Mata Atlântica Central-Fluminense e do Corredor de Biodiversidade da Serra do Mar, que é uma das áreas mais ricas em diversidade biológica da Mata Atlântica.

CONTATO

E-mail [email protected]

Telefone 21 3767-7009 / 24 2222-1651 ATENÇÃO: Telefones temporariamente indisponiveis.

Localização SEDE
Estrada do Comércio, n° 3.400
Tinguá - Nova Iguaçu - RJ

Localização BASE AVANÇADA:
Estrada União e Indústria, n° 9.722
Itaipava - Petrópolis - RJ

Facebook Reserva Biológica do Tinguá      Youtube Reserva Biológica do Tinguá

Instituto Chico Mendes - MMA